fbpx

INSCREVA-SE NO DESAFIO INVENTIVOS

Erguer enquanto subir ou tudo que nóis tem é nóis!

Investing in Stock Market - 1280x854

A organização das nações unidas(ONU), lançou recentemente um relatório que analisa as modalidade de tempo e trabalho. Segundo o estudo, mais de um terço dos trabalhadores do mundo trabalha mais de 48 horas por semana. Essa realidade é acentuada pela economia informal.  O efeito dessa causa é quase óbvio: aumento da ansiedade, estresse, burnout, depressão e abuso de substâncias. 

Ainda sobre informalidade, a BBC Brasil, publicou no início do mês (5/2), uma reportagem onde comprova que muitos de nós, pessoas negras, ainda acumulamos os piores resultados no que concerne ao lucro econômico pelo empreendedorismo. Segundo a reportagem:

“(…) no segundo trimestre de 2022, 72% dos empreendedores brasileiros negros não contribuíam para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), comparado a 52% dos brancos. Assim, a situação de precariedade desses trabalhadores durante a idade ativa tende a se reproduzir também na velhice, quando terão menos renda disponível via benefícios.”

Esses números assustadores, mesmo sem querer, podem nos levar ao desânimo.  Porém, tenho cada vez mais certeza de que, nós empreendedores, precisamos colocar em praticar o que Ângela Davis nos diz no livro Mulheres, Cultura e Política(1989):

“Precisamos nos esforçar para erguer-nos enquanto subimos. Em outras palavras, devemos subir de modo a garantir que todas as nossas irmãs(…) assim como todos os nossos irmãos, subam conosco.”

E como fazemos isso? 

Tenho algumas sugestões:

  1. Consumindo de empreendedores negros;
  2. Indicando o trabalho de empreendedores negros:
  3. Auxiliando empreendedores que não tem conhecimento sobre os benefícios do MEI ou outras formas de regularização. 
  4. Descansando; 

Não quero aqui de jeito nenhum eximir a responsabilidade do estado mas, mesmo nesse processo de monitoramento e atenção de políticas que podem ser realizadas ao nosso favor, nós precisamos estar juntos, acompanhar as decisões governamentais de maneira crítica.

E não falo somente do recente ministério da igualdade racial, falo do ministério da economia, porque sim nós fazemos parte da economia! Nós movemos a economia!

E no exercício de colocar em prática o que eu escrevo, indivo aqui o trabalho de uma amiga empreendedora. A Naiah Carol, creator da página @pretinhaboss tem desenvolvido mentorias específicas para empreendedores conseguirem encontrar qual a sua necessidade nesse momento.

Se for difícil pagar agora, afinal a máxima ,“o ano só começa após o carnaval”, vale para muitos empreendedores, acompanhe o conteúdo dela no Instagram.

E como nunca é demais lembrar, o Instagram é uma forma ganhar dinheiro! Sim, é um alívio também afinal os memes são sim um respiro. Por outro lado podemos também monetizar nosso conteúdo.

Foi o que disse Monique Evelle em uma aula, durante essa semana (13/2).

Ela também disse que:

“Todos nós temos a missão de chegarmos aonde queremos chegar!”

É doloroso, mas é possível. Precisamos chegar lá, inclusive  para sermos respeitamos como pessoas que inovam e não  apenas pessoas que sobrevivem.

Só nós podemos fazer isso por nós!

Vamos juntes?

Referências 

Reportagem BBC – https://www.bbc.com/portuguese/brasil-64477594

Site Oit – https://www.ilo.org/brasilia/noticias/WCMS_865051/lang–pt/index.htm

Livro Ângela Davis – Mulheres, Cultura e Política . 1989

Inscreva-se no Radar de Oportunidades

Inscreva-se para receber por email as melhores oportunidades para empreendedores

Compartilhe esse post:

Você também pode gostar de:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Matricule-se

Digite seus dados para começar a fazer sua matrícula.

Radar de Oportunidades

Inscreva-se para receber por email as melhores oportunidades para empreendedores